terça-feira, 28 de junho de 2011

PAPINHA DO DIA

PAPINHA DE CARNE, MANDIOQUINHA, CENOURA E COUVE


Ingredientes


1 colher de sobremesa de óleo vegetal
1 colher de chá de cebola picada
2 colheres de sopa de carne moída
1 mandioquinha pequena cortada em cubos pequenos
½ cenoura pequena cortada em cubos pequenos
2 colheres de sopa de couve picada

Modo de preparo

Em uma panela, aqueça o óleo e refogue a cebola e a carne moída. Acrescente em seguida a mandioquinha e a cenoura. Cubra com água, tampe a panela e cozinhe até que todos os ingredientes estejam bem macios e com um pouco de caldo. Junte a couve e cozinhe por mais 5 minutos. Amasse todos os ingredientes com um garfo e sirva.

Rendimento: 1 ou 2 porções

Importante: para saber a consistência ideal dos alimentos para cada fase de seu bebê, consulte um médico pediatra ou um nutricionista.

DESENHO ANIMADO NA ESPAÑA

Caros seguidores, fiz uma seleçao de alguns desenhos animados que faz parte da vida da criançada aqui na España. Como ja fazem 2 anos que estou aqui, talvez alguns ou vários sejam os mesmos que transmitem no Brasil.

Vamos lá pessoal!

Los Lunnis: sao seres extraterrestres que habitam num lugar chamado luna-lunera. Entre os personagens está o pirata, que dá emoçao a história, tentando roubar o grande livro de magia da bruxa Lubina.




Pocoyo: é uma série didática, que conta uma história de um menino amável e divertido, junto com seus companheiros de aventura Loula (o cachorro), Elly (o elefante), pato e um passarinho.


Sandra, detetive de contos: é a história de uma menina, que depois da morte de seu avô, o substitue como detetive de contos. Seu companheiro é um Elfo chamado Fo, juntos vivem muitas aventuras.






Vipo (aventuras de um cachorro voador): é a história de um cachorro que quer aprender como usar suas enormes orelhas para voar. Entres os seus companheiros estao: Henry a cegonha, a gata de pelúcia Betty. Um dia com a ajuda de Henry descobre que pode voar, e viajam pelo mundo inteiro para conhecer às pessoas, sua cultura e tradiçoes.

Las tres mellizas: conta a história das trigêmeas - Teresa, Elena e Ana.
Os personagens sao: bruxa aburrida, a coruja que acompanha a bruxa e tres ratinhos que aparecem de vez em quando na história e sao companheiros das trigêmeas. A história se basea que a bruxa envia as trigêmeas em um conto cada vez que fazem alguma travessura.







Noddy: é um boneco de madeira que vive na cidade dos brinquedos. É transmitido no Reino Unido desde 1955.









Jorge el curioso: é a história de um adorável e divertido macaco que se une a Ted, conhecido como o homem de chapéu amarelo, com a finalidade de salvar o museu onde trabalha.





Chuggington é a história de tres aprendizes de trem, o Bruno, Wilson e Koko, que vivem extraordinárias aventuras.




Pat, el cartero: é um carteiro de uma tal vila, muito amável e sempre está acompanhado do seu gatinho Jess. Todos os dias ele se concentra em entregar as cartas, mais sempre tem um amigo precisando de ajuda.





Todo es Rosie: é uma boneca de pano alegre que vive numa casa de brinquedos com seus amigos. O coelhinho Raggles, o passarinho Bluebird e o urso Big bear. Aconselhados por uma sábia árvore, vivem inúmeras aventuras.



Dora la exploradora: é uma menina de 7 anos, que junto ao seu amigo Botas de 5 anos. Sempre vao em busca de algo perdido.







Caillou: é um menino de 4 anos que se diverte descobrindo o mundo ao seu redor. Com a ajuda de seus pais e avós, vai descobrindo coisas novas diariamente.






Bob Esponja: é uma esponja que vive com seu amigo caracol Gary em um apartamento mobiliado de dois cômodos, dentro de um abacaxi. O seu de Bob esponja é ser o maior cozinheiro do mar e graças a sua habilidade fazendo hamburgueres, vive uma ilusao constante.








Entrevista da Revista Crescer diz que o mal uso da televisao, nao traz benefícios às crianças menores de 2 anos.

segunda-feira, 27 de junho de 2011

PAPINHA DO DIA

PAPINHA DE FRANGO, ABÓBORA, MACARRÃO, ERVILHA E COUVE-FLOR


Ingredientes


1 colher de sobremesa de óleo vegetal
2 colheres de sopa de frango cortado em cubos pequenos
1 colher de chá de cebola picada
3 colheres de sopa de abóbora picada
1 colher de sopa de macarrão para sopa
2 colheres de sopa de ervilha fresca
2 colheres de sopa de couve-flor picada

Modo de preparo

Em uma panela, aqueça o óleo e refogue a cebola e o frango. Acrescente em seguida a abóbora, a ervilha e o macarrão. Cubra com água, tampe a panela e cozinhe até que todos os ingredientes estejam bem macios e com um pouco de caldo. Junte a couve-flor e cozinhe por mais 5 a 10 minutos. Amasse todos os ingredientes com um garfo e sirva.

O QUE QUE ESSA GALINHA TÊM

Muita magia, muito encanto ...

Quem nao conhece ou nunca ouviu falar da galinha mais charmosa, super-carismática e que chama atenção da criançada. É azul, gordinha, com pintinhas brancas na barriga. É ela, a Galinha Pintadinha, personagem que curiosamente nasceu em Campinas.

 “A Galinha Pintadinha e sua Turma” realmente prende a atenção das crianças. Tanto pela seleção das canções, quanto pela simpatia dos personagens.

Têm duas cançoes que se depender da Laura fura o DVD, é o Pintinho amarelinho e Mariana.
A mamae se diverte junto, pois eu canto e danço, às vezes ela olha pra mim com uma carinha, que posso imaginar o que diria se falasse ... acho que diria, menos mamae, menos...
Precisamos falar com a vovó do Brasil pra mandar o DVD da Galinha Pintadinha 2!

Vovóóóó, manda pra mim vai!!!

domingo, 26 de junho de 2011

PAPINHA DO DIA

PAPINHA DE FRANGO, ARROZ, ERVILHA, CENOURA E ESPINAFRE


Ingredientes


1 colher de sobremesa de óleo vegetal
1 colher de chá de cebola picada
2 colheres de sopa de frango cortado em cubos pequenos
1 colher de sopa de arroz cru lavado
1 colher de sopa de ervilha fresca
½ cenoura pequena picada em cubos
2 colheres de sopa de espinafre picado

Modo de preparo

Em uma panela, aqueça o óleo e refogue a cebola e o frango. Acrescente em seguida o arroz, a ervilha e a cenoura. Cubra com água. Tampe a panela e cozinhe até que todos os ingredientes estejam bem macios e com um pouco de caldo. Junte o espinafre e cozinhe por mais 5 minutos. Amasse todos os ingredientes com um garfo e sirva.

Rendimento: 1 ou 2 porções

Importante: para saber a consistência ideal dos alimentos para cada fase de seu bebê, consulte um médico pediatra ou um nutricionista.

sábado, 25 de junho de 2011

PAPINHA DO DIA

PAPINHA DE FRANGO, BATATA, BETERRABA, CHUCHU E ACELGA


Ingredientes


1 colher de sobremesa de óleo vegetal
1 colher de chá de cebola picada
2 colheres de sopa de frango cortado em cubos pequenos
½ batata pequena cortada em cubos
2 colheres de sopa de beterraba cortada em cubos
2 colheres de sopa de chuchu cortado em cubos
2 colheres de sopa de acelga picada

Modo de preparo

Em uma panela, aqueça o óleo e refogue a cebola e o frango. Acrescente em seguida a batata, a beterraba e o chuchu. Cubra com água. Tampe a panela e cozinhe até que todos os ingredientes estejam bem macios e com um pouco de caldo. Junte a acelga e cozinhe por mais 5 minutos. Amasse todos os ingredientes com um garfo e sirva.

Rendimento: 1 ou 2 porções

Importante: para saber a consistência ideal dos alimentos para cada fase de seu bebê, consulte um médico pediatra ou um nutricionista.

A MAMAE MERECE

Hoje é meu aniversário e andei pensando em  DESPENTEAR o maridao.

Bom, pensei em algumas coisinhas ...

Uma viagem estaria bem ... mais já sei que é só no fim do ano

Entao pensei num SPA (Las Caldas)

E que tal a drenagem linfática?
Eu ficaria assim ó!

Mais se eu terminar o dia com esses dois sorrisos, meus dois amores
Serei a mulher mais feliz do mundo!




sexta-feira, 24 de junho de 2011

PAPINHA DO DIA

PAPINHA DE CARNE, FUBÁ, CENOURA E COUVE


Ingredientes


1 colher de sobremesa de óleo vegetal
1 colher de chá de cebola picada
2 colheres de sopa de carne moída
2 colheres de sopa de fubá
½ cenoura pequena picada em cubos
2 colheres de sopa de couve picada
½ xícara de chá de água filtrada

Modo de preparo

Em uma panela, aqueça o óleo e refogue a cebola e a carne moída. Acrescente em seguida a cenoura e cubra com água. Tampe a panela e cozinhe até que todos os ingredientes estejam bem macios e com um pouco de caldo. Acrescente a água fria e o fubá. Deixe cozinhar, sem parar de mexer até que o caldo fique encorpado. Junte a couve e cozinhe por mais 5 minutos. Se necessário, acrescente mais água. Amasse todos os ingredientes com um garfo e sirva.

Rendimento: 1 ou 2 porções

Importante: para saber a consistência ideal dos alimentos para cada fase de seu bebê, consulte um médico pediatra ou um nutricionista.


O PRIMEIRO TOMBO A GENTE NUNCA ESQUECE

A Laura caiu pela primeira vez ontem, estava esperando acalmar os ânimos de escrever pra voces :o)
Acho que eu chorei mais que ela!
Aquela bendita frase que parece tonta "criança cega a gente!", pois é, sempre achei um absurdo dizer isso e pensava quando trabalhava no PS infantil, essas maes...
Comi do meu próprio veneno, deixei a criança no carrinho e pensei, vou só pegar a mamadeira com chá de camomila e mesmo o pai tá do lado!!! TIBUMM NO CHAO
Eu abraçava uma, e depois outra e novamente e beijava e apertava...nenhum sinal de ferimento? vamos pro hospital? ela nao pode dormir hein ... uff, que susto!
Mae tremia, pai apavorado e sabe aquele chá de camomila que estava na mamadeira? entao, eu tomei!!!
O duro vem mais tarde...mesmo sabendo que está tudo bem, fica aquele sentimento de culpa e no fim chorei a manha inteira. Graças a Deus ela está bem.

Moral da história: Cinto de segurança neles SEMPRE! 

Do chao eu nao passo né mamae?

quinta-feira, 23 de junho de 2011

PAPINHA DO DIA

PAPINHA DE FRANGO, MANDIOQUINHA, BETERRABA E ESCAROLA

Ingredientes


1 colher de sobremesa de óleo vegetal
1 colher de chá de cebola picada
2 colheres de sopa de frango cortado em cubos pequenos
1 mandioquinha pequena cortada em cubos
½ beterraba pequena cortada em cubos
2 colheres de sopa de escarola picada

Modo de preparo

Em uma panela, aqueça o óleo e refogue a cebola e o frango. Acrescente em seguida a mandioquinha e a beterraba. Cubra com água. Tampe a panela e cozinhe até que todos os ingredientes estejam bem macios e com um pouco de caldo. Junte a escarola e cozinhe por mais 5 minutos. Amasse todos os ingredientes com um garfo e sirva.

Rendimento: 1 ou 2 porções

Importante: para saber a consistência ideal dos alimentos para cada fase de seu bebê, consulte um médico pediatra ou um nutricionista.

quarta-feira, 22 de junho de 2011

PAPINHA DO DIA

PAPINHA DE CARNE, FEIJÃO, MACARRÃO, ABÓBORA E BRÓCOLIS

Ingredientes


1 colher de sobremesa de óleo vegetal
1 colher de chá de cebola picada
2 colheres de sopa de carne moída
2 colheres de sopa de feijão cozido com caldo
1 colher de sopa de macarrão para sopa
3 colheres de sopa de abóbora picada em cubos
2 colheres de sopa de brócolis picados

Modo de preparo

Em uma panela, aqueça o óleo e refogue a cebola e a carne moída. Acrescente em seguida a abóbora e o macarrão. Cubra com água. Tampe a panela e cozinhe até que todos os ingredientes estejam bem macios e com um pouco de caldo. Junte o feijão e os brócolis e cozinhe por mais 5 minutos. Amasse todos os ingredientes com um garfo e sirva.

Rendimento: 1 ou 2 porções

Importante: para saber a consistência ideal dos alimentos para cada fase de seu bebê, consulte um médico pediatra ou um nutricionista.

SOU UMA MINHOQUINHA

MINHA MINHOQUINHA

Eu tenho uma minhoquinha em casa!
Pois é, sempre aconselhei às mamaes sairem de casa, tomar um sol com o filho, sasaricar por aí, e queria dizer outra coisa ... tudo com medida. Percebi que saí de mais da conta :o(
Tenho como costume acordar, preparar as coisas da Laura, banho e rua. Almoçamos todos os dias com o papai e tudo isso Laura sentada no carrinho.

Quando chegávamos em casa, cama e depois chiqueirinho e cadê a mae enfermeira dentro de casa?
É pessoal, antes tarde do que nunca, voltei a colocar uma rotina e dessa vez pra mim, estou proibida de sair o dia inteiro e em troca fico em casa com minha pequena. Desta maneira posso estimular melhor.

Comecei domingo e nao é que a danada já se arrasta pelo chao como uma minhoquinha! É muito fofa, ela vai de marcha ré, algumas vezes pra frente e até pro lado. Às vezes dá uma reclamada mais eu deixo e quando vejo que já está cansada dou o colo que ela precisa. Tô amando esta fase!


Eu e meu marido estávamos em dúvida se comprar ou nao comprar andador. Tenho lido bastante sobre o assunto e vi que Sociedade Brasileira de Pediatria nao recomenda e deixa sob a responsabilidade dos pais.
Visto que nao poderei ficar supervisionando o tempo todo, prefiro deixá-la no chao, porque como dizem por aí ... "do chao nao passa!"

MEU NOME É LAURA

Minha mae fala tanto de mim,né!
Entao resolvi me apresentar...

Tenho cabelo espetado, todos me dizem que é igual o do papai quando tinha cabelo.
Ainda nao tenho dentinhos, tá todo mundo ansioso.
 consigo ficar em pé com apoio, principalmente quando minha mamae me deixa no berço. Adoro fazer careta, bisourinho e grito muito. 
Falo tatata, dadada, papapa, mamama, neni, dedi, bababa.
Adoro colocar tudo na boca, principalmente o que nao pode, ah! e comer uns palitinhos de pao, que segundo mamae e papai é o plano B quando eu já nao deixo eles fazerem nada e o banho, aaah o banho, agora que eu aprendi a bater as maozinhas e os pezinhos ... deixo o banheiro todo molhado! Adoro o colar de pérola, esse que está na foto, um dia se ele estiver inteiro, será meu!
Nao gosto das papinhas nutrititivas da mamae, mais é questao de tempo, eu vou amar sua comida!
Minha mamae diz que sou muito sapeca e que tenho cara que vou quebrar a casa inteira quando estiver andando. Sou curiosa também, participo de todas conversas e se eu soubesse falar, daria vários palpites.
Meu papai diz que sou linda e que pareço com a mamae! A mamae fica toda feliz.
Quero viajar para Paris com meus papais. Ah! isso foi a mamae que pediu pra falar hihi
Fiquei sabendo que Maternidade Despenteia, será verdade?


BY REVISTA CRESCER






terça-feira, 21 de junho de 2011

PAPINHA DO DIA

PAPINHA DE CARNE, BATATA, BETERRABA E COUVE-FLOR


Ingredientes


1 colher de sobremesa de óleo vegetal
1 colher de chá de cebola picada
2 colheres de sopa de carne moída
1 batata pequena cortada em cubos pequenos
½ beterraba pequena cortada em cubos pequenos
2 colheres de sopa de couve-flor picada

Modo de preparo

Em uma panela, aqueça o óleo e refogue a cebola e a carne moída. Acrescente em seguida a batata e a beterraba. Cubra com água, tampe a panela e cozinhe até que todos os ingredientes estejam bem macios e com um pouco de caldo. Junte a couve-flor e cozinhe por mais 5 minutos. Amasse todos os ingredientes com um garfo e sirva.

Rendimento: 1 ou 2 porções


segunda-feira, 20 de junho de 2011

MAO NA MASSA: PAPINHAS

A Papinha, é o meu bicho-papao já que o meu forte nao é a cozinha. Na verdade eu desanimei um pouco quando vi que ela nao comia minhas papinhas e pedi ajuda à vovó paterna.
A história é que minha sogra tem medo de acrescentar novos ingredientes e nao acredita muito no que eu falo (rs). Bom, mais mesmo assim me ajuda muito.
Entao resolvi colocar a mao na massa e tentar novamente. O importante é nao desanimar!
Postarei uma papinha por dia durante 10 dias, divirtam-se!


RECEITA:

PAPINHA DE CARNE, ABÓBORA, BATATA E COUVE

Ingredientes


1 colher de sobremesa de óleo vegetal
1 colher de chá de cebola picada
2 colheres de sopa de carne moída
1 batata pequena cortada em cubos pequenos
2 colheres de sopa de abóbora cortada em cubos pequenos
2 colheres de sopa de couve picada

Modo de preparo

Em uma panela, aqueça o óleo e refogue a cebola e a carne moída. Acrescente em seguida a batata e a abóbora. Cubra com água, tampe a panela e cozinhe até que todos os ingredientes estejam bem macios e com um pouco de caldo. Junte a couve e cozinhe por mais 5 minutos. Amasse todos os ingredientes com um garfo e sirva.

Rendimento: 1 ou 2 porções

Importante: para saber a consistência ideal dos alimentos para cada fase de seu bebê, consulte um médico pediatra ou um nutricionista.


domingo, 19 de junho de 2011

PRAGA DE MAE PEGA!

Mae sempre acerta! Na verdade quando eu fazia uma coisa contrária da que minha mae pedia, tinha a possibilidade de dar errado. Aquela história do "leva o guarda-chuva que vai chover!", "tá levando blusa de frio?", "vai perder o ônibus" e uma que nao pode faltar "quando voce for mae..."

Pois é, o buraco é mais embaixo (rs)
Nunca fui boa na cozinha e minha mae sempre falava, vai dar conta? Claro que sim!

Pensando em tudo que já vivi com a Laura, dos momentos de descoberta, das aventuras de mae, confesso que eu pularia a etapa das papinhas, minha filha nao come as que eu preparo, nao consigo acertar uma.

Um alternativa era virar sócia das empresas de papinhas prontas, mais fico com a consciência pesada, além de disso nao é nada barato. Entao apelei pra minha sogra, e agora quero fazer diferente. A partir desta semana vou preparar todo o cardápio da Laura e se der certo, postarei aqui pra voces, ok?



Praga de mae é um fenômeno e acho melhor tomarmos cuidado sobre o que falamos aos seus filhos!

EU ACOMPANHO DE PERTO

E conto tim-tim por tim-tim!

  • Meu primeiro banho (após saída do hospital)  foi dado em casa pela mamae e com auxílio da vovó Fátima em 16/10/10.
  • Meu umbigo caiu em 17/10/10.
  • Meu primeiro corte de unha 20/10/10.
  • Meu primeiro passeio 28/10/10 (após a primeira revisao, com a vovó Fátima-mae da mamae, Mari-mae do papai e papai).
  • O primeiro sorriso quem viu foi a mamae com 6 semanas.
  • A primeira viagem foi em 04/02/11 (destino Brasil).
  • O primeiro suquinho foi dado pela bisavó 15/02/11.
  • A primeira papinha de fruta foi dada pela vovó Fátima em 13/03/11 (ela me ama muito).
  • Imitei a mamae tossindo com 5 meses (depois contamos pro papai e ele morreu de rir).
  • Virei de bruço pela primeira vez no dia 13/04/11 (estávamos no hotel em Madrid).
  • Minha primeira aula de nataçao foi em 20/04/11 (o papai e a mamae pareciam dois bobos piscina).
  • Me sentei pela primeira vez sem apoio e brinquei bastante em 29/05/11.
  • A mamae queria tanto e resolvi extender os braços pra que ela me pegasse com 7 meses.
  • Fiquei em pé apoiando no berço em 07.06.2011
  • Mandei beijo sem saber porque 15.06.2011
  • Comecei a tentar engatinhar em 20.06.2011
  • Caiu pela primeira vez em 23.06.2011 (mamae chorou junto comigo)
  • Mesmo deitada já consigo sentar sozinha quando tenho vontade 28/06/2011
  • Comecei a engatinhar perfeitamente com 9 meses
  • Com 10 meses, meu vocabulário aumenta a cada dia.
  • Meu primeiro dentinho, apareceu no dia 18.07.11, dia do aniversário da titia Carol, foi festejado duplamente :o)
  • O segundo dentinho apareceu no dia 27.07.11
  • O terceiro dentinho apareceu no dia 10.09.11, dia do aniversário da titia Jaque, motivo pra mais comemoraçoes :o)
  • E o quarto dentinho apareceu no dia 01.10.11, agora sim ninguém me segura.
  • Comecei a andar no dia 24.10.11, foi uma festa só, pura emoçao!
  • O quinto dentinho é brasileiro, apareceu no dia 20.11.11 e foi encontrado pela tita Jake
  • O sexto dentinho também é brasileiro, foi encontrado pela mamae no dia 18.12.11
  • O sétimo dentinho apareceu antes do ano novo e o oitavo depois do ano novo :o)



    sábado, 18 de junho de 2011

    ELE-ME-QUER / ELE-NAO-ME-QUER

    Tô falando do meu cabelo pessoal!


    Em algum lugar do blog comentei que teria uma festinha pra ir com a Laura...entao, foi hoje.
    Ontem passei 4 horas no cabeleireiro, entre mechas, cortar o cabelo e  um penteado para durar até o dia seguinte, impossível.
    Mais sabe que quando eu estava sentada e me olhei no espelho, acreditei? Acreditei que eu capaz de arrumar um pouco a casa, deixar a roupa da festa passada e amanhecer PENTEADA.
    Bom, nao durou 20 minutos ... nunca me despenteei tao rápido, fiquei arrasada. Roupa bonita, sapato bonito e cabelo feio.
    Penteada-despenteada-penteada-DESPENTEADA...assim terminei o dia de ontem!

    Resolvi voltar ao cabeleireiro no dia seguinte e pedir pra retocar. E cheguei a conclusao que eles sempre oferecem voltar pra retocar, esperando que a pessoa nao volte. E eu voltei, imagina a cara da menina que arrumou meu cabelo.

    Enfim, no final o dito do cabeleireiro sem saber nada da minha vida me disse: o que voce fez a noite pra chegar aqui assim? Tem gente que nao tem amor à vida!

    Bom, no final eles retocaram e eu arrasei!
    Meu cabelo nao me quer, mais eu sim! Viva ao black power!




    CASO OU COMPRO UMA BICICLETA?

    Bom, como já casei.
    Compro uma bicicleta, eeeeeeee! :o)

    Sempre tive vontade de comprar uma, e essa semana vi inúmeras bicis e tanta gente se divertindo. Quero uma papi!
    Tenho que pensar numa maneira de ganhar de presente!

    Se a Laura pelo menos engatinhasse? mais nao, ela nao quer nem saber, se ela soubesse andar...eu tinha a desculpa de falar pro papai que a filhinha precisa de uma bici e a mamae de outra pra acompanhar :o)

     Andar de bicicleta despenteia!
    Além disso, segundo uma pesquisa pela Universidade Alema, ela "fortalece o corpo e a alma"

    sexta-feira, 17 de junho de 2011

    FAMILIA BUSCAPÉ EM MADRID


    Sabem que me identifico um pouco com a família buscapé? Na verdade tiraria alguns personagens e acrescentaria os bichinhos da Laura. Temos a Juju, o Gonzalo, o Patrício e o pituquinho.
    Viajamos todos juntos e ai da mamae se esquecer algum em casa. Na verdade ela só 8 meses e nao sentiria falta, mais na hora do vamos ver!!!
    Ela é super ativa e logo que entramos no carro já tenho que ir preparando a saída dos amiguinhos de dentro da bolsa. É sempre uma aventura e depois dou risada de mim mesma.
    Ah! Muitas vezes tenho que cantar e canto muito mal, o papai morre de rir e às vezes até vejo ele batendo o pé acompanhando o ritmo kk

    Esta semana nos ausentamos, tivemos que ir pra Madrid, uma viagem cansativa de 4 horas e tudo pra visitar o Consulado.
    Hoje gostaria de compartilhar com voces que minha filhota já é brasileira, isso mesmo...hoje chegou o seu passaporte brasileiro em casa. Um orgulho pra mamae!

    Tô ficando craque em viajar com bebê. Cada dia que passa me organizo mais, e por incrível que pareça nao tenho esquecido nada, até detergente pra lavar as mamadeiras eu tenho levado no carro e é uma mao na roda!
    O carro do papai cada dia mais desorganizado. Lembro que quando nos casamos ele nao me deixava  comer nada no carro, era impecável. Agora!!! (rs) mamae e filhinha fazem o que querem e papai nem reclama.

    Bom, também nao ficamos milionários como a família buscapé, mais acho que nos divertimos um montao do mesmo jeito. Família é tudo!




    quarta-feira, 15 de junho de 2011

    A CEGONHA VEM DE PARIS?

    Tudo começou em 2010, quando meu marido me presenteou com um móbile de cegonha! Foi uma maneira que ele encontrou de me dizer que já estava pronto pra ser papai. Achei tao lindo, até me emocionei ... isso foi 3 meses depois do casamento (rs). Rápidos né!?
    Bom, engravidei!
    Para minhas amigas que ficaram de boca aberta com a fertilidade, quis dizer; com a velocidade (rs), eu contava a historinha da cegonha e explicava que como elas vinham de Paris e estamos bem do lado...era rapidinho.

    A história é a seguinte, o papai sempre fala de um irmaozinho(a) pra Laura e ontem numa viagem rápida para uma província da Espanha, chamada Salamanca, ele viu duas cegonhas passar diante do carro e ficou todo contente. É pra descabelar total!
    Entao lembrei da historinha pra contar pra voces.

    Curiosidades:

    A Cegonha é uma ave com característica dócil e protetora, que dedica atençao e carinho especial às aves doentes ou mais velhas.

    As cegonhas vem de Paris! É isso mesmo :O)
    Tudo começou quando um par de cegonhas fez seu ninho na chaminé de uma casa em Alsacia (Paris), o casal que vivia ali teve um bebê e a notícia se espalhou.  Sem contar que Paris é a cidade do amor.

    Outros dizem que a história da cegonha se originou na Escandinávia, porque os bebês nasciam em casa, e as mamaes para explicar a chegada do novo membro da família, se justificavam dizendo que os bebês eram trazidos pelo bico da cegonha e o fato delas terem que ficar de repouso alguns dias era porque a cegonha havia bicado sua perna.

    Seja de Paris ou seja da Escandinávia, o importante é nao perder essa ilusao de criança que vive dentro de nós.






    sábado, 11 de junho de 2011

    SALTO ALTO AOS 33

    Pois é, agora aos 33, me deu vontade de usar salto alto, pelo menos de vez em quando. Se me perguntam qual é o meu estilo, eu nao sei responder. Sou despachada, uso o que tenho vontade, misturo uma moda com a outra, desde que eu me sinta bem.
    Às vezes gosto de chamar atençao, um pouco de glamour nao faz mal a ninguém, até me divirto com a situaçao. Sentir-se bonita, amada, querida e feliz é essencial, nao me importo com que os outros vao falar.

    Dizem por aí que vontade é uma coisa que dá e passa e de repente amanha eu mude de idéia, quem é que sabe!? Enquanto nao passa, quero desafiar a lei da gravidade. Me sinto confiante para isso!
    Antes nao usava porque nao tinha vontade, trabalhava feito uma louca e usar salto era a última coisa depois de um dia estressante. 

    Tô numa fase bacana da vida, muito feliz e com uma vontade imensa de aproveitar cada segundo. Depois da gravidez sinto umas mudanças tremendas, com relaçao a tudo. Uma coisa louca, hormônios insandecidos e vontade de mudar, renovar, sei lá, cortar o cabelo, fazer mechas, usar salto alto, rir sem parar, viajar, trabalhar, DESPENTEAR TOTAL.

    Aqui é primavera e dizem que é considerada a estaçao mais bonita e mais fértil do ano. Primavera é renovaçao, mexe com os nossos hormônios, amorna as madrugadas e aquece o coraçao. Ta aí uma explicaçao pra tudo que estou sentindo.


    Filhaaa! Ajuda a mamae a usar salto alto? Promete que nao vai ficar se mexendo sem parar quando estiver no meu colo? ou arremessando os brinquedos no chao publicamente?

    sexta-feira, 10 de junho de 2011

    PRECISO DE UMA FADA!

    Sabe aquele dia que você nao quer fazer nada. Nada de comida, nada de limpar casa, nada de roupa pra passar? Pois é, assim estamos hoje.
    Saí cedo com a Laura pra passear, alías, temos uma festa dentro de 1 semana e precisávamos comprar umas coisinhas.
    Foi bem divertido, e quando chegamos em casa...aquela bagunça.  Uma montanha de roupa pra passar, umas quantas roupas da Laura que deixei jogada antes de sair de casa. Ah! é outra coisa que nao consigo fazer. Escolher uma única roupa, vou experimentando e separando, separando e experimentado, até que me canso e faço minha mae mandou e resolvido.
    Agora neste exato momento olhando para a casa, pensei: "Preciso de uma fada". Seria tao simples, ela apontaria com sua varinha e diria "casa arrumada" e pronto!  Depois já descartando essa possibilidade pensei na Joaninha e que eu a matei antes de fazer meu pedido :o(
    Bom, já que a fada nao vai aparecere a Joaninha já morreu, tá na hora de eu arrumar a casa. Fui!


    quinta-feira, 9 de junho de 2011

    MAMAE FALA PORTUGUÊS E PAPAI ESPAÑOL

     

     

     

     

     

    Bom, tudo começou la atrás quando ainda era noiva do meu marido. Sempre nos questionávamos quanto a educaçao dos nossos filhos no futuro. Preocupaçoes que voltaram a surgir quando descobri que estava grávida e vi que nao seria tao fácil. Os médicos orientavam que era importante falar os dois idiomas. Entao, a mamae falava em português desde a barriga, contava historinha, cantava, etc
    Realmente ainda nao sei como será, ela têm 7 meses e acho que eu confundo mais do que ela, e tenho que me controlar para nao começar a falar em português e terminar o raciocínio em español.

    Uma maneira que encontramos de introduzir o segundo idioma é conversando com ela em português quando estamos em casa, o papai fala em español e a mamae fala em português e español, repito as frases nos dois idiomas para que vá entendendo.

    Apesar que há controvérsias sobre o assunto, alguns profissionais defendem a introduçao desde a barriga da mae e outros dizem que pode ser um problema e o melhor é introduzir quando a criança já tenha aprendido um idioma. Eu nao sei quem está com a razao, mais acredito na primeira opçao, pois alguns casais de amigos que introduziram os dois, hoje as crianças falam perfeitamente, tanto um como o outro.
    Também coloco Laura para assistir desenho animado nos dois idiomas, pela manha em español e à tarde em português, assim a mamae consegue fazer o trabalho de casa e ela se diverte um pouco.
    Despenteada com a história eu estou, quando se trata dos nossos filhos sempre queremos o melhor. Se alguém tiver alguma história pra contar, alguma outra idéia pra estimular, aceito todas as sugestoes.

    quarta-feira, 8 de junho de 2011

    CAÍ NA TENTAÇAO

    Bom, confesso, nao resisti!
    Tudo começou na minha gestaçao, quando a médica disse que eu podia engordar entre 9-12 kg e eu engordei 16 kg. Tenho que concordar que quando uma coisa é proibida é muito mais interessante, a história da maça, o fruto proibido ... Ops, deixa eu seguir meu raciocínio, tô complicando demais o assunto kkk
    Pois é, quando explicaram o que seria saudável, quase enlouqueci e confesso que transgredi váárias vezes!

    Logo após o parto, quando me olhei no espelho, SIM eu enlouqueci. Vi que tudo sobrava e que o marido nao ia cooperar, ou seja,  nada de lipo, drenagem linfática, cremes para reduzir medidas, etc
    Decidimos fazer dieta e atividade física juntos. Entao, há quase 2 meses atrás nos matriculamos numa academia e bora lá perder uns kilinhos! Comecei o tal de Body Combat, que aliás, tô quebrada ainda da aula de ontem. Ah!, já perdi 2 kilos!!!
    ... e hoje ... Pequei!

    Comprei um croissant e besuntei com brigadeiro de panela que fiz esses dias, que inclusive nao tive tempo de enrolar. Juro eu tinha a intençao de enrolar, colocar granulado e todas essas coisas e no fim pra quê? depois de ter um bebê vi que o negócio é ser prática.  

    Na verdade minha consciência está mais ou menos pesada, (se é pode existir um meio termo neste caso) e espero nao cair mais na tentaçao, pelo menos nao do croissant com brigadeiro :o)

    terça-feira, 7 de junho de 2011

    EU MATEI UMA JOANINHA

    Fazia tempo que nao encontrava uma joaninha, acho que eu era pequena ainda. Lembro que diziam que dava sorte encontrar joaninha. E quando matamos sem querer? será que dá azar? Bom, melhor nao saber! :o)
    Ela estava na perna da Laura, era amarela, tao linda! Nunca tinha visto uma assim e fui tentar colocar na mao e justo nessa hora ela caiu no chao e eu pisei Juro que foi sem querer, meu marido morreu de rir, disse que sou muito desastrada. Bom Joaninha, descanse em paz!




    Querem saber mais!

    Joaninha é o nome popular dos insectos coleópteros. Possuem corpo semi-esférico, cabeça pequena, 6 patas muito curtas e asas membranosas muito desenvolvidas, protegidas por uma carapaça quitinosa que geralmente apresenta cores vistosas. Podem medir de 1 até 10 milímetros, vivendo até 180 dias. Alimentam-se de insectos que causam estragos às colheitas e plantações e por isso são consideradas benéficas pelos agricultores.
     
    Joaninha na mão
    Quando esse simpático e delicado inseto escolhe seu dedo para pousar, isso quer dizer que você é um afortunado e tem direito a fazer um pedido. A direção em que ela voar indica de onde virá sua sorte, como diz O Livro Ilustrado dos Símbolos. Em inglês, a joaninha é chamada de beetle of our lady, besouro de Nossa Senhora. Esse nome teve origem na Idade Média, quando os agricultores pediram à Virgem Maria para salvar suas lavouras. Então, apareceram as joaninhas, que destruíram as pragas, atendendo ao pedido dos fiéis. Dizem que achar uma joaninha com mais de sete manchas é sinal de prejuízo. Com menos de sete, hora de boa colheita.

    segunda-feira, 6 de junho de 2011

    TENHO UMA AVÓ INTERNAUTA

    Pois é, minha avó se chama Pedrina, têm 75 anos, nascida no Piauí foi criada na roça e nao teve a oportunidade de estudar.  Como muitas avós, ajudou minha mae a criar a mim e a todos meus irmaos.

    Nunca havia se sentado diante de um computador e sempre dizia que queria aprender a mexer na internet, assim podíamos conversar pelo Skype e ela matar um pouco a saudade. 
    O tempo passou e Laura nasceu, e tudo mudou. Agora ela tinha um motivo "A bisnetinha"
    Já nao queria depender da família para vê-la e pediu ajuda! Foram muuuuitas as tentativas e nada de conseguir.

    Até que um belo dia para minha surpresa eu me conecto ao Skype e faço a ligaçao e quem atende? minha vó!!! E pergunto: cadê a mamae e ela disse: tô sozinha em casa, e toda orgulhosa diz que havia atendido sem ajuda de ninguém. Achei tao fofa! Minha musa :o)
    Agora quando quer ver a bisnetinha pela internet nao passa vontade nao!

    sábado, 4 de junho de 2011

    O QUE NAO MATA ENGORDA

    O que nao mata engorda, está presente em nossas vidas quase que diariamente. Talvez seja para diminuir nossa consciência de culpa. Me respondam com toda sinceridade, quem nunca comeu alguma coisa que caiu no chao e disse: que nao mata engorda? damos uma limpadinha e sempre vem a frase!

    Hoje conversando com minha mae e falando sobre mamadeira, lembrei de uma história que aconteceu em sua casa nas minhas férias no Brasil. Para que vocês possam entender um pouquinho mais, conto outra historinha. Minha mae sempre me conta como eu era quando criança e sempre gosta de contar a mesma história...
    "Uma certa noite eu nao parava de chorar e meu pai já impaciente disse que ele prepararia a mamadeira. Foi à cozinha e fez um mingau de maisena e acho que bem caprichado, porque segundo o que me contam eu dormi a noite toda. Resulta que eu engordei bastante e todos viveram felizes para sempre."

    A outra história é que tive que me ausentar uns dias e deixei Laura com minha mae e minha vozinha e nao tinha dúvidas de que elas cuidariam muito bem. Eu ligava todos os dias e perguntava o de sempre: comeu, dormiu, o intestino funciona, chorou, etc.
    Os dias se passaram e a mamae voltou, nada mais chegar à cozinha vi o porta-leite até a boca e achei estranho e resolvi perguntar. "O vó? nao têm muito leite aqui nao? e um silêncio tomou conta e insisti novamente e ouço a bonita frase: Tava muito rala a mamadeira e a bichinha tinha fome!!! Ah! que nao mata engorda (rs)

    Entao resolvi postar um link sobre preparo de mamadeira e espero que minha mae leia e comparta com minha vozinha do coraçao!


    Falando ainda sobre mamadeira, vejam só esta matéria que saiu esta semana: Revista Exame

    MAMADEIRA NUNCA MAIS

    Pois é, a Nestlé lançou uma cápsula de leite em pó para preparar mamadeiras nas máquinas de Nespresso, o sistema BabyNes. Por enquanto só tem na Suíça.
    A empresa garante "a máxima segurança e comodidade" do produto (os consumidores acreditarão nisso). Afirma também que apóia as recomendações da OMS quanto ao aleitamento materno, argumentando se preocupar em fornecer uma alternativa de alta qualidade para as famílias (que vão acreditar nisso. Claro! ela é o maior fabricante de alimentos do mundo!! Seu mais recente slogan no Brasil é "Nestlé Faz Bem" !!!).
    Outro dia tive notícia de que a Nestlé tem na Suiça um museu do alimento, o Alimentárium. Há dois anos, ela comprou a Gerber (indústria de mamadeiras).
    Enquanto isso, 1 milhão e 300 mil bebês morrem a cada ano em todo o mundo porque não foram amamentados. Quem diz isso é a Organização Mundial de Saúde e não uma teoria da conspiração

    A Nestlè reclama que empresas européias copiaram sua idéia, vejam o link abaixo:

    Eu, particularmente continuo com minha garrafa térmica e meu porta-leite no quarto. Só de pensar em levantar pela manha, caminhar até a cozinha e colocar a máquina pra funcionar!!! E outra, com essa crise que nao vai embora aqui na España, a melhor coisa é economizar. Fui!

    sexta-feira, 3 de junho de 2011

    E MINHA VIDA SOCIAL?

    Vou contar uma historinha...
    Na minha viagem ao Brasil, planejei várias coisas, uma delas era passar a tarde com as amigas para colocar a conversa em dia.
    Ah! Tinha tanto o contar...final da gravidez, parto, nascimento, maternidade, etc

    Mal sabia que a missao seria difícil, digamos complicada. Foi um tal de assuntos inacabados.
    Realmente nao sei dizer o que contei e nao tenho certeza do que ouvi. Laura nao parava quieta, queria interagir, se cansava em alguns momentos, enfim, coisas de bebê.  Quando nao era sono, era a fralda, quando nao era fralda era fome e assim vai. 
    Quando conseguía retomar, já nao lembrava o assunto e confesso que me senti incômoda algumas vezes. Vi que nao era fácil, mais desistir JAMAIS.

    Uma bela tarde decidimos fazer uma reuniaozinha. Eu, Laura, amiga da mamae com seus gêmeos e outra amiga com sua bebê. Aí entendi porque muitos papais deixam de sair quando tem bebê kkk, era criança pra tudo quanto é lado, cada mae tentando controlar o seu e ao mesmo tempo colocar a conversa em dia. Apesar de tudo adorei, repetiria a dose com certeza.

    Nesta fase, muitas mamaes decidem se ausentar da vida social e crêem que o remédio é nao sair. Eu penso exatamente o contrário, é claro, nao sejamos extremistas, acho que sair todos os dias acaba atrapalhando a sua rotina e da criança, mais também se trancar em casa e se isolar do mundo nao é a soluçao.

    Andei lendo uma reportagem e achei interessante postar no blog.
    Me identifico, pois a internet nos aproxima dos que estao longe e cada dia utilizamos cada vez mais.

    A matéria da revista Crescer: Vida Social só pela internet
    Bebê chorando, fralda para trocar, contas para pagar, assuntos para resolver no trabalho, dar atenção ao marido e ainda sair com as amigas. Quando você se torna mãe, a lista de prioridades muda totalmente. Seu filho passa a dominar a primeira posição, o trabalho vem em segundo lugar, o marido em décimo quinto provavelmente... E as amigas, bem, com elas você mantém o contato pela internet. Se essa lista condiz com a sua, você também se encaixa no resultado de uma pesquisa feita pela National Childbirth Trust (NTC), uma associação britânica que oferece suporte psicológico a gestantes e pais.

    O estudo foi feito com mil mulheres que haviam se tornado mães há poucos meses. Cerca de 32% afirmaram que, para elas, o contato pessoal não era tão importante e que conversar pela internet era muito mais prático.

    O número chamou a atenção de especialistas. “Logo após a chegada do bebê, a rotina da nova mãe se transforma. Primeiro, ela tem que se dedicar totalmente aos cuidados com a criança, aprender a lidar com as mudanças no relacionamento e no corpo e ainda pode estar passando por uma crise financeira com os novos gastos. Nesse contexto, a internet se torna uma aliada porque proporciona um contato com amigos, parentes e ainda oferece suporte em questões como amamentação e dificuldade para dormir”, diz Sally Horrox, diretora da NTC. "Mas essa não pode ser a única forma de interação social", completa.

    Já se sabe que mulheres que se afastam da família e de amigos após o nascimento dos filhos são mais vulneráveis à depressão pós-parto. “Por isso, assim como as crianças precisam ter um ciclo de amizades para se desenvolver emocionalmente, as mães devem ter uma interação social. É quase uma válvula de escape para essa pressão que se vive constantemente”, diz a psicóloga especialista em família Ana Lúcia Castello, do Hospital Infantil Sabará (SP).

    OK. A internet é importante porque facilita o reencontro de amigos e até promove um vínculo, mas nada substitui o encontro real com os amigos e a conversa cara a cara. Pela rede, você pode estar de pijama, sentada no sofá. Pessoalmente, você "tem" de se arrumar e até mesmo mudar de postura, o que faz uma grande diferença para a autoestima.

    Mas como as mães vão dar conta de mais essa "tarefa"? “Para conseguir se organizar, o importante é fazer uma estruturação do tempo. Trate o encontro com os amigos como prioridade, assim como estar com seu filho, trabalhar e namorar”, aconselha Ana Lúcia. Veja mais dicas a seguir.
     
    Confira algumas dicas para esse encontro acontecer - também - pessoalmente:
    => Faça um planejamento semanal das tarefas que você terá que realizar diariamente e programe-se para cumprir o seu objetivo.

    => Combine uma periodicidade para essa saída e tente cumpri-la. Pode ser uma vez a cada quinzena, por mês e até bimestral. O importante é não desmarcar.

    => Aproveite o encontro para aprender algo. Se for só de mulheres, vocês podem convidar uma maquiadora para ensinar dicas para ficar bonita em 10 minutos ou uma estilista para dar dicas de moda para cada uma... o programa fica muito mais divertido!

    => Se não conseguir sair, que tal combinar uma pizza em casa? Assim você pode ficar com seu bebê por perto sem deixar de rever os amigos.

    => Você também pode tentar encontrar aquela sua amigona no salão de beleza. Dessa forma, dá para colocar a conversa em dia e ainda cuidar do visual.





    VIAGEM AÉREA COM BEBÊ

    Foi no começo do ano quando eu e Laura decidimos viajar. Destino Brasil
    Objetivo: apresentar Laura à sua família, conhecer a bisavó,titios, primos, tios avós e amigos da mamae. Nem preciso dizer como eu me senti dias da viagem, é isso mesmo, completamente perdida e com medo.
    Mais eu nao podia contar a ninguém que estava com medo de viajar sozinha com um bebê de 3 meses e ainda mais sendo uma viagem internacional de 12 horas e com conexao :o)

    Eu falava a mim mesma, vai dar tudo certo, nao tenha medo, o máximo que pode acontecer é eu chegar atrasada e perder o seguinte voô destino Sao Paulo kkk.

    Tudo pronto ou pelo menos parecia. Depois de 15 dias preparando a mala da bebê, descobri que nao era a mala ideal e que precisava comprar outra :o/
    A única certeza que eu tinha nesse momento, é que eu nao chegaria no Brasil descabelada (rs) é, fiz uma bela chapinha e nao tinha Cristo que me despenteasse.

    Aeroporto de Astúrias, despedida do papai e avós (papai chorou e mamae também). Laura nao tinha idéia do que estava acontecendo e eu acho que estávamos juntas nessa! Na verdade eu nao sabia o que ia acontecer. Encontramos uma dificuldade imensa para adquirir informaçoes sobre viajar com bebê, nao sabíamos o que era ou nao permitido numa viagem com criança, decidimos entao perguntar às companhias aéreas e foi aí que piramos de vez. Cada uma dava uma informaçao, nao tínhamos certeza da quantidade de mala, se podíamos levar mamadeira semi-preparada, se tínhamos que faturar o carrinho, etc.

    Foi um pouco confuso! Mesmo podendo levar o carrinho até a porta do aviao, era muita coisa, bolsa pra mamae, bolsa pra filhinha e pouco braço pra carregar.
    Ao entrar no aviao, o pessoal nao sabia fechar o carrinho, hora da mamae entrar em açao. Laura no colo da aeromoça, mamae fechando o carrinho e outra vez: bolsa para um lado, bolsa pra outro lado e filhinha no colo da mamae e nada de ajuda. Ufa!

    Chegou o grande momento? Será que estávamos preparadas? Laura tranquila, olhando para tudo que a cercava e até sorrisinhos distribuia enquanto às pessoas entravam. Minutos depois fez aquele cocô e voltou a distribuir sorrisinhos e um perfuminho também. Chegada à Madrid, 1 hora de vôo e com pouco tempo pra fazer a conexao.

    É hora da mamae entrar em açao outra vez, vamos lá! Laura cagada com o (aeromoço kk), mamae montando carrinho, bolsa num braço, bolsa para o outro e filhinha dentro do carrinho e sair correndo. Ah! parar para trocar a fralda da Laura.
    Chegamos na porta, conferimos se estávamos no lugar certo e vi bem grande: Destinho Sao Paulo e já respirei aliviada.
    Um mundo de gente cobria a entrada e ouço um grito: Mamaes com criança podem passar! Ufa
    Na entrada outra vez, Laura com aeromoça, mamae desmontando carrinho e olhares. Sim, todos nos olhavam, uns moviam a cabeça com ar de negaçao, o que estariam pensando? outros  diziam, tadinha tao pequena!outros diziam: ai que lindinha e outros com certeza pensavam; tomara que nao se sentem ao meu lado, afinal de contas sao 11 horas de vôo.

    Chega o bercinho de Laura 2 horas depois (a pequena já dormia). Nosso canto mais parecia um puxadinho que um espaço para esticar as pernas e para minha surpresa tudo estava indo bem, a pequena dormiu e dormiu e continuou dormindo. Total de horas dormidas: 9 horas e ao final da viagem.

    Chegamos, todos me olhavam com cara de alegria %&# e eu morta de cansada e com um vontade de gritar pra todo mundo bem alto: VIRAM SÓ, ELA NAO CHOROU!!!
    Finalmente tudo acabado, ou quase, faltavam as malas, mais nada que uma carinha de mae cansada nao desse jeito. Pedi ajuda aos funcionários na saída das malas e tudo resolvido. Era só correr pro abraço da família.


    quinta-feira, 2 de junho de 2011

    DESPENTEADA EU SEMPRE FUI

    É verdade, infelizmente eu nao posso falar o contrário, pra quem me conhece tenho um cabelo pra ser domado, que particularmente eu adoro! Tenho meus segredinhos, pra quem entende do assunto o plano A, B, C e se bobear até o D (rs)

    Mais hoje eu nao vou falar de cabelo despenteado, vou falar de esmalte, que é uma coisa que eu adoro e já faz 1 mês que nao cuido. Aqui na Europa o negócio é feio é melhor aprender e fazer em casa. A manicure pode custar em média 14 a 30 euros e o pé de 20 a 60 euros. Isso sem tirar cutícula kkkk
    Eu lendo uma mensagem da minha amiga Francine, mae do Henrique, vi que ela está um pouco apurada e  resolvi ajudá-la.

    Cor: Camurça (Colorama)
    Mamaes do meu Brasil, hora de cuidar da manicure!

    quarta-feira, 1 de junho de 2011

    DECLARAÇOES DE UM PAPAI APAIXONADO

    Resolvi perguntar ao meu marido, como ele se sentiu desde a minha gestaçao até agora e foi uma surpresa e confesso que me emocionei ao ler sua declaraçao através de um email. Nao está difícil de entender, mais resolvi colocar uma traduçao embaixo. Sou agradecida por tê-lo ao meu lado e sem você seria nao teria graça, nao seria o mesmo. Te amo!

    História de um papai que ficou grávido junto com a mamae e juntos tivemos uma linda filha.

    Mami,
    Como explico lo que sentí durante el embarazo. Lo primero de todo es una alegría enorme cuando te enteras de la buena noticia. Crees que es lo mas grande que te ha pasado, pero después te das cuenta que lo mas grande viene mas tarde.

    Durante los primeros meses de embarazo, sientes una mezcla de preocupación y de alegría. Preocupación por no saber si estarás preparado para ser padre, por no saber si todo saldrá bien, por no saber si serás capaz de organizarte para llevar una familia, etc. Importante tener la cabeza fría para que no se noten esos miedos y puedas transmitirlos a tu mujer, cosa que seria fatal, porque élla ya tiene esas mismas preocupaciones y muchas mas, con el agravante que tiene las hormonas en una locura continua.
    Por otra parte una alegría enorme cuando piensas en que carita va a tener, como va a ser su sonrisa, será niña o niño, etc.

    Cuando vi las primeras ecografias te das cuenta de que todo es real, que ya no somos dos, sino tres.
    En nuestro caso, las preocupaciones por el desarrollo del embarazo comenzaron pronto, así que es difícil explicar esa mezcla de sentimientos buenos y malos. Me pasé horas obteniendo información sobre los posibles problemas que podíamos tener, y muchas mas horas intentando convencerte de que todo estaba bien, pero la preocupación iba por dentro. No podía dejar que te preocupases demasiado. También sentía con el paso de los meses, que te quería mas. Estaba feliz y preocupado. Difícil de explicar.

    En el dia del parto, te juro que sufrí, sufrí y sufrí. Las horas interminables, los dolores que tenias, los vivi como si lo estuviese pasando yo. Ya se que es fácil decir eso, pero es la verdad. Me hubiese cambiado contigo por no verte así.
    Dentro del paritorio fue algo muy grande. La tensión porque venia con el cordón al cuello, fueron unos segundos, pero a mi me pareció media hora. Y lo mas grande de todo fue ver a nuestra pitufa salir. Lo tengo grabado en mi memoria para siempre. El momento de cortar el cordón fue lo mas. Se que es raro, pero fue como si estuviese viendo a mi hija pasar de la muerte a la vida. Ese momento de ver como comienza a respirar por si misma, es lo mas....... no se explicar. Me dio un escalofrio por todo el cuerpo. Jamas me hubiese perdonado no asistir a ese momento.
    Cuando vimos que todo estaba bien, que ya estaba en nuestros brazos, solo puedes sentir la felicidad verdadera, la real. No existen problemas en el mundo, no existe nadie.
    Después de todo esto, mi cabeza sigue dando vueltas por saber si seré capaz de ser un buen padre, pero cada dia que pasa te das cuenta que es una preocupación normal y a la vez estúpida, puesto que las personas somos como somos y éso vamos a transmitir a nuestros hijos.
    Puedo decir que tener un hijo es lo mas grande que le puede pasar a una persona de bien. Pero siete meses mas tarde de esos momentos especiales, ves que cada dia que pasa es mas grande aun. Cada cosa que vas descubriendo de tu hija y que ella va descubriendo de ti, se hace mas grande, y mas grande y mas grande. ¿ Cuando va a parar esto ? Imagino que cuando se acerque a la pubertad, jeje. Será el momento de ir pensando en los nietos, jiji.
    Os amo, mis amores. Y os amaré siempre.



    O PRIMEIRO MÊS

    É muito bom recordar como foi o primeiro, mesmo que ele tenha sido difícil e um pouco estressante. Seria enganar a mim mesma e a vocês, porque foi de noites mal dormidas, de errar tentando acertar, de dúvidas e descontrole.
    Muitas vezes olhava pra minha barriga e me dava conta que a Laura já nao estava ali, que ela estava fora e que já podia gozar da sua nova casa e de tudo que nela havia. Era estranho, ainda tinha a sensaçao que eu a sentia, e demorou para acreditar que ja tinha acontecido. Foram 9 meses de espera, meses de alegria e de ansiedade também.
    Eu sonhava com o dia de chegar em casa e como seria. Imagina de várias maneiras e mudava a ordem das coisas também. A única coisa que nao seria mudado era a prioridade do cuidado da minha filha, eu estaria a sua inteira disposiçao.
    As primeiras noites eu acordava de 3-3 horas e  houve momentos que eu já nao sabia o que era noite e nem que era dia, porque era contínuo, ninguém podia fazer por mim. Considero-me uma mulher de sorte, porque Laura nao chorava por cólicas, somente quando tinha fome e nao foi difícil de adaptar-me a seus horários.

    Ao contrário de muitas mamaes eu tinha 2 trabalhos na hora de amamentar; oferecer o peito primeiro e depois a mamadeira. No começo era uma correria, ficávamos desesperados na hora da amamentaçao, queríamos observá-la e ao mesmo tempo fazer outras coisas.

    Nas primeiras duas semana meu marido acordava e auxiliava no que fosse necessário, depois o cansaço venceu, ele já nao escutava o chorinho dela e eu tinha que me virar sozinha. Confesso que quando via ele dormindo eu sinta um pouco de inveja e outras vezes raiva. O cansaço era tao grande que daria tudo para que ele pudesse amamentar também. Assim eu poderia dizer, levanta é a sua vez agora engraçadinho (rs).

    Inúmeras vezes eu amamentei com os olhos fechados, era involuntário eles se fechavam só. Era como se tivesse areia e  ela demorava 1 hora e meia para mamar, entao eu começava a calcular quanto tempo eu teria para dormir, a conta nao era difícil, eu que nao queria acreditar que dentro de 1 hora e meia eu teria que levantar novamente.

    Passados 15 dias eu me despedi da maezinha e disse adeus também a comida prontinha, roupa lavada e passada, casa impacável e colo de mae. A pergunta que nao quer calar é a seguinte: E AGORA? agora ferrou, nada de pedir ajuda aos universitários e como pedir ajuda nao é comigo, teria que me virar.

    Algumas coisas acertei e outras nao e outras fui desobrindo sozinha.
    Descobri que quando eu achava que já tinha colocado uma rotina, ela mudava, que quando às pessoas perguntavam se ela tinha dormido bem a noite e eu respondia que sim, podia ter certeza que esta mesma noite ela dormiria menos, que quando eu achava que ela já comia mais ela passava a comer menos e por aí vai. Tive vontade de chorar várias vezes, e chorei!

    Laura nasceu com uma circular (cordao no pescoço) e tive uma cicatrizacao da episiorrafia bem incômoda, mais sobrevivi e por isso acho importante colocar vassoura atrás da porta pra algumas visitas indesejáveis, pra ver se a visita vai embora mais rápido. Ta aí uma coisa que vou tentar fazer na próxima gravidez (se Deus me der a graça), acho importante restringir um pouco as visitas, adoro bater papo e jogar conversa fora, mais nao nos primeiros dia de vida da criança, nao. É impressionante como todo mundo sabe tudo e seeempre tem os palpiteiros de plantao.

    Aprendi muito no primeiro mês e já estou no sétimo e continuo aprendendo.
    Nao desanimem, a sensaçao que nao servimos pra nada, que o bebê nao liga pra gente e que só servimos pra amamentar vai desaparecer quando o bebê der o primeiro sorriso. É uma sensaçao maravilhosa e gratificante, todo o cansaço desaparece e só queremos retribuir esse amor e contentamento.
    Ah! Deêm um voto de confiança no maridao nesta fase, eles também se despenteiam, com excessao do meu que é careca kkkk

    DESPENTEANDO

    É mulherada, sabemos que já foi comprovado cientificamente que os hormônios estao enlouquecidos e que a vontade de namorar com o papai diminue pós nascimento. Lendo sobre o assunto, achei algumas dicas e acho que tá mais que na hora de despentear-se um pouco.
    • Monte uma rede de reforço: uma babá de confiança, avós que moram perto, tias corujas... Esse exército vai ajudar vocês a saírem sem preocupações.
    • Estabeleça um dia para o casal. E não desmarque. Vale “seqüestrar” o parceiro na hora do almoço também.
    • Vá para a cama no mesmo horário de seu filho. Assim, dá até para acordar de madrugada e aproveitar.
    • Regre o horário para ele dormir e tranque a porta do quarto enquanto estiver namorando.
    • Programe uma lua-de-mel uma vez por ano. Pode ser apenas um fim de semana, mas fará diferença, acredite.
    • Exercite o carinho. Assistam à TV abraçados, ligue no meio da tarde, se beijem todos os dias...
    • Coloque o parceiro na sua lista de prioridades (tudo bem ele ficar atrás dos filhos). As compras do supermercado, a pilha de roupas para passar e o passeio com o cachorro podem esperar.
    • Compre lingeries novas. Mulheres gostam de exibi-las. Homens, de vê-las. Aproveite e jogue fora tudo o que usou na gravidez, no pós-parto, as velhinhas...
    • Tire o berço do quarto. Tire também as fraldas, os brinquedos, os bichinhos de pelúcia. Esse espaço é de vocês.
    • Quando estiverem sozinhos, converse sobre tudo, menos os filhos. Não deixe o diálogo de vocês se resumir em “resolver problemas”.

    Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...